Mais lidas

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

1º dia sem ele

Depois de uma noite mau dormida, eu achei que seria fácil levantar da cama, lavar o rosto e ver que tudo foi um pesadelo, mas não foi. O dia parece vazio, o quarto, o copo, o corpo, parece que nada mais faz sentido. Levantar da cama hoje foi uma das coisas mais difíceis a fazer. Tudo me fez lembrar dele, do rosto, do cheiro, dos medos, do sorriso, dos braços, das pernas, dos dreads, das piadas sem graça que me faziam rir pela cara de idiota que fazia. E parece que tudo não faz mais sentido, o cheiro da comida não me dá fome, o tempo passa lerdo demais, e o coração vai se quebrando a cada pensamento bom. Eu acho que eu ainda não acredito, não acredito que você está longe agora. E eu nem sei o que fiz, já nem sei o que eu vou fazer...minha cabeça dói. Meu corpo está frio de novo. E as lágrimas não param que cair.

Izabelle Tomazetti

Nenhum comentário:

Postar um comentário