Mais lidas

domingo, 29 de julho de 2012

E depois do sexo?

Olhares quentes, beijos e abraços. A blusa dela desliza em um ombro, e ele num puxão rasga inteira. Com delicadeza ela tira a camiseta dele, e começam a se beijar. Ele desliza o rosto até o pescoço, roça o seu corpo no dela, passa a mão em tudo o que tem direito, e desce os seus beijo e caricias, desce até o decote enquanto desesperadamente tenta abrir o zíper da calça jeans meia escura e rasgada dela. Ele a pega com fervor agora e a encosta na parede. E agora ela sabe exatamente onde vai dar. Ela deixa, se entrega, ele continua na força da emoção, no calor da sensação e no pulsar do coração. 

Ela já nua e ele tirando a cueca. Os dedos dela passando dos cabelos pras arranhadas fortes da nuca até o fim das costas. Os dois nus agora começam a festa: é o vai e vem, o jeito malicioso de sentir a outra pessoa, o jeito diferente de consumir a vontade do corpo a corpo.
E depois que começa, a próxima etapa é o prazer.
O prazer dele: ouvir aqueles pequenos gemidos de prazer sussurrados no ouvido dele, os arranhões de tesão nas costas, senti-lá. Isso o deixava louco.
O prazer dela: Senti-lo dentro dela, gemendo baixinho, com beijo de tesão, os puxões de cabelo forte a cada movimento.
Em fim, o tão esperado gozo. As pernas moles, o corpo cansado e suado, o sorriso bobo, o sono depois.

Emily Cohen

Nenhum comentário:

Postar um comentário