Mais lidas

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Hoje sou


O tempo já não faz nenhum sentido: quando penso que passou, ele ainda está lá, e quando penso que ele está lá, ele já passou. Você bagunçou meus horários, mexeu com meus fuso-horários, tirou minhas noites de sono, e não foi por ser ruim, mas por me fazer feliz. Já não sei se voo alto e toco o céu, ou se voou baixo e toco o mar. Já não tenho mais tempo de pensar, e essa felicidade já não me cabe tanto. Assusta um tanto. Os olhos já não se ofuscam com a dor, não se escondem atrás de um refletor. Hoje transpareço e padeço em alegria, e me dissipo em harmonia. Já não me encontro em estado lúcido, hoje sou só devaneios, sou só emoções, sou só o vento leve no rosto. Sou sorriso, abraço, carinho. Sou eu e você.

Emily Cohen

Nenhum comentário:

Postar um comentário