Mais lidas

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Amor

     Pensar em amor é algo tão relativo. Mas pensar em ser amado é algo ainda mais relativo.
     Amor é que o torna o mundo mais leve, mais fresco. Leva pessoas com sua sanidade normal a insanidade total. Mas dizem que os que realmente sabem amar , são loucos. Loucos por viverem a vida deles sem medo do amanhã, loucos por estarem tão felizes, loucos por se entregarem de corpo e alma em uma relação, talvez duradoura ou não.
     Amor, soa tão romântico vindo dos outros, é uma palavra que muitos citam , mas que poucos sabem o seu significado real. Amor é uma palavra pequena, mas que abragem grandes mudanças, gera espectativas e transforma o absurdo e o surreal em algo natural e totalmente desejável.
    Alguns dizem : "Ahhh! Amor é um sentimento comum, todos amamos um dia" , outros dizem " O amor é algo impossivel, alguma coisa intolerável!" , mas há os que dizem " Sem amor, não há nada!".
    Sinceramente , eu não me incluo em nenhum desses comentários, aliás , não me considero nem se quer uma mera amante. Não posso falar de amor sem antes senti-lo, por isso não posso me por de acordo com uns ou contrário de outros, nunca amei realmente pra poder dizer. Mas posso dizer que se o amor realmente existe, creio que vale a pena correr riscos por ele  ou até em busca dele.
    Ame, diga que ama, grite, sussure, salte, ande, mostre, demonstre, cative, que um dia o amor com certeza estará na sua frente, mesmo você estando isolado de todos, haverá amor, não dos outros pra você , muito menos de você para os outros, mas haverá amor de você para consigo mesmo.
                        Ame a si mesmo e depois ame aos outros !


                                                                                                          Emily Cohen

Nenhum comentário:

Postar um comentário